Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Saidinha da casca

O blog pessoal de uma aprendiz da vida. Espaço de partilha de devaneios, teorias sensacionalistas, gostos, ideias, curiosidades e opiniões pertinentes sobre tudo, nada e mais um pouco.

Saidinha da casca

O blog pessoal de uma aprendiz da vida. Espaço de partilha de devaneios, teorias sensacionalistas, gostos, ideias, curiosidades e opiniões pertinentes sobre tudo, nada e mais um pouco.

Demasiado cedo

Ontem casou-se uma colega minha dos tempos de escola, tem a minha idade, 22 anos. Foi a minha avó que me deu a notícia através da rede vizinhança (funciona á velocidade da fibra óptica). Não sinto que seja o início daquela fase na vida de todas as mulheres em que toda a gente que conhecem lhes pergunta quando vão casar, ainda estou muito longe disso. A grande diferença entre nós é que eu ainda estudo, ainda me estou a tornar em quem quero ser. Vou começar em setembro um mestrado, ela começou uma família. Por mais velhos que sejam alguns dos meus colegas universitários estão bem longe do altar. Nesta altura ainda não temos uma vida estável para avançar para um nível que não se centre só em nós próprios. Essa rapariga não tem um curso superior, tem um curso profissional, trabalha com crianças e idosos, também já foi caixa num supermercado. Nunca saiu muito do lugar onde crescemos e não acredito que o futuro também saia muito desta esfera, já eu não sei para onde a vida me pode levar. O casamento é o tipo de argumento que vão usar quando eu me estiver a comportar como uma criança. Sim, porque apesar da idade e de cumprir bem as responsabilidades que cada vez mais tenho ainda me sinto como uma adolescente, ás vezes tenho de me mentalizar que não tenho 17 anos... ou menos. Ontem na festa aqui da terrinha até comi um algodão doce e fui galanteada por um rapaz dessa idade.  

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.