Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Saidinha da casca

O blog pessoal de uma aprendiz da vida. Espaço de partilha de devaneios, teorias sensacionalistas, gostos, ideias, curiosidades e opiniões pertinentes sobre tudo, nada e mais um pouco.

Saidinha da casca

O blog pessoal de uma aprendiz da vida. Espaço de partilha de devaneios, teorias sensacionalistas, gostos, ideias, curiosidades e opiniões pertinentes sobre tudo, nada e mais um pouco.

Hoje podia ter sido um bom dia

Esta segunda feira prometia um grande final, com um toque de comédia. Hoje estava marcada a apresentação do mais recente livro do Ricardo Araújo Pereira, "A Doença, o Sofrimento e a Morte entram num bar-uma espécie de manual de escrita humorística" na Universidade de Coimbra.

Às 18h em ponto estava eu à porta do anfiteatro com um mar de gente pela frente. De acordo com a tipicalidade portuguesa só cerca de uma hora depois veio o Ricardo. Passou por entre todos os que o esperavam, e quando estava rente a mim dirigiu um "boa tarde" antes de seguir caminho com alguma dificuldade. Eu já tinha a ideia que o homem era alto mas dizer isto é um eufemismo, ele é um autentico poste, deve medir muito perto dos dois metros, destacava-se bem na multidão. E acabou por aqui a minha presença no evento. O anfiteatro ficou completamente cheio muito antes de eu ter tido hipóteses de chegar perto da porta.

O Ricardo é uma personalidade que atrai um grande público, já seria de esperar muita afluência, dado também a ampla divulgação do evento, o problema é que no anfiteatro escolhido não havia mais de cerca de oitenta lugares. A Universidade claramente não teve capacidades de organização à altura da situação. Não é por ser uma apresentação de um livro que tem que ocorrer exclusivamente na Faculdade de Letras se outras faculdades têm anfiteatros maiores com capacidade para comportar o dobro das pessoas. Acabei o primeiro dia da semana com uma desilusão destas em cima.

 

Pelo menos já me livrei da minha constipação meteórica, estou como nova.